Peter Facinelli sente-se mal pelo Rob

Image and video hosting by TinyPic

 

É difícil imaginar hoje, mas as multidões não estavam sempre lá. Enquanto filmavam o primeiro filme em Oregon, Facinelli disse que ele e os colegas  Kristen Stewart e Rob Pattinson poderiam jantar em restaurantes locais e não ser reconhecidos.

“Nós poderíamos ter feito um anúncio de bolachas. Ninguém se importava que nós estivessemos a fazer este filme”, ele disse. “Nós sentimos a responsabilidade de fazer um bom filme para os fãs dos livros. Mas em algum ponto entre as filmagens e a estreia, o fenómedo eclodiu.”

 

Mesmo depois disso, Facinelli, moreno, disse que muitas vezes não foi reconhecido em público. Na vida real, ele tem uma aparência jovem, com 36 anos e com um brilho saudável sobre ele. São precisas cerca de duas horas numa cadeira de maquilhagem para transformar o actor em Carlisle Cullen, um vampiro de 350 anos de idade, com cabelos loiros e pele reluzente.

É claro que hoje em dia, os admiradores não tem nenhum problema em encontrar o residente de Los Angeles no meio de uma multidão. Ele está feliz por dar autógrafos e posar para as fotos, mas ele prefere não fingir que está a morder alguém. Para a maior parte, ele disse, os fãs são amigáveis e apoiam.

 

“Eles são muito educados sobre isso”, disse ele. “Eu me sinto mal por Rob Pattinson. Ele não pode andar em qualquer lugar. Eu ainda posso andar por um centro comercial e as pessoas reconhecem-me, mas não é como se o centro comercial inteiro estivesse a olhar para mim.”

publicado por mrsCullen às 18:02
Fonte: Foforks | Adaptado pelo RPPT